segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008

Depois da IU... Diarreia interminável

Pois é... ainda estavamos no Hospital, quando o Miguel começou com Diarreia... Fizeram-lhe análises e suponho eu que estava tudo bem porque nos mandaram embora no dia seguinte.
Ontem acabei por ligar ao Pediatra, mesmo sendo Domingo, e pensei que a diarreia se devia ao antibiótico. O médico diz que provavelmente foi um virus que apanhou no Hospital... Eu sei lá... Só sei que há pouco, depois do banho fui-lhe dar o leitinho, fez um cocó que sujou a roupinha toda...

Para ajudar à festa, o J. também está doente...
Digam-me... será que eu vou aguentar??? Todos os dias acho que se no dia seguinte as coisas não melhoram eu não aguento, e a verdade é que cada dia tem sido pior...
Estou de rastos...
Mesmo...
Cansada fisicamente, e MUITO cansada psicologicamente...
Sinto que o J. não me ajuda em nada... e para piorar ainda fala comigo aos berros como se eu tivesse culpa sei lá de quê...

Se não fosse pelo meu menino, sei que já tinha rebentado...

Preciso tanto de apoio... Sinto-me completamente sozinha, ou pior, antes estivesse sozinha, e não tivesse que aturar maus feitios e palpites de toda a gente a toda a hora ou quase...
Às vezes penso se tudo isto é normal em casais recém-papás...
Eu estou de rastos, e o J. não me ajuda ou ainda desajuda...

Tenho tanto medo... Medo de não aguentar toda esta pressão... Nos meus ombros tenho toneladas de qualquer coisa...
Esta noite ou vou dormir no quarto do Miguel ou na sala... sim pq se o J. está doente, e com febre, era o que mais faltava ainda apanhar o que o Pai tem.

ALGUÉM ME DÁ UMA FORÇA???
ESTOU MESMO A REBENTAR...

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008

Internado com uma IU

Chegamos ontem de 6 dias de internamento com uma Infecção Urinária..
O Miguel está melhor, mas eu estou de rastos...

Beijinhos

domingo, 10 de fevereiro de 2008

Domingo caseiro

Olá

Estou um bocadinho melhor, mas ainda com muitas dores de corpo e garganta.
O J. não saiu da cama todo o dia :s
Deitou-se tarde e depois de dia é assim, mas eu ontem tinha-lhe dito logo de manhã que hoje o deixava dormir até ele querer...
Confesso que se não fosse o meu Miguel, pouco tinha saído da cama, também, mas sei que ele não gosta nada de ficar no escuro do quarto.

Lá para as 22h vou-lhe dar o banhinho e pronto... Leitinho e até amanhã, que vai começar cedo.
Vou à tal entrevista que nem sei para que é... ao certo...
E o Miguel fica com a minha mãe, que amanhã está de folga.

Beijinhos...

Se alguém vir isto... que reze para que amanhã corra tudo bem... Preciso tanto de trabalho... E poder trabalhar em casa ia ser simplesmente Fantástico :)

Doente... a mamã

Pois é... estou com uma gripe de todo o tamanho... Nariz entupido, pingo do nariz, dor de garganta... até parece um anuncio que havia há uns anos, para uns comprimidos quaisquer... Bem não interessa, eu lembro-me :D
Claro que tenho que andar de máscara, mas de vez em quando tiro-a para o Miguel me ver rir, e então ri-se muito, senão fica a olhar para mim com um ar muito estranho.
Por mim estava na cama, mas ele chega a dada hora, e quer sair do quarto. Fui ao banho, levei-o comigo, e trouxe-o para a espreguiçadeira, mas enquanto andei a tratar de roupa (apanhar, estender, pôr a lavar...), não se calou... Chego à sala, aconchego-o, e ele adormece :D
Não é maravilhoso, sentir que eles sentem tanta segurança se estivermos ao lado deles?

Amanhã faz 3 meses... e eu vou a uma entrevista nem sei bem de quê...

Ontem comprei umas roupinhas. Aproveitei que o J. teve que sair, para ir fazer uma formação em fogos industriais (e partir a cabeça... sim, chegou a casa dos meus pais, com boné, a dizer que tinha partido a cabeça e levado 9 pontos... eu que já estava tão mal disposta da gripe, pior fiquei... enfim...), pronto aproveitei e fui para casa dos meus pais e assim fui com eles passear o neto, e aproveitei comprei umas roupinhas, algumas ainda em saldos.
Mas eu sozinha com o Miguel não consigo fazer compras nenhumas... Também neste fim do mundo (quase), não há nada de especial, e o que há acho que é bem mais caro (e de menor qualidade) do que Zippy, ou C&A, sem falar do que há nos Hipers.

Beijinhos

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2008

Estou melhor...
O J anda melhor... nada como falarmos :) ainda bem...
Não sei o que tem o Miguel... só mamou 40ml agora às 19h, e já ao almoço foi um castigo para mamar... Começo a ficar preocupada... Vamos ver amanhã como come, senão vamos às urgências... Não é normal...

O Miguel já dá gargalhadas :D
Está o máximo!!!


A S.A. morreu hoje definitivamente... Tudo entregue na Conservatória...
2ª feira vou a uma entrevista com um engenheiro, e dá para trabalhar em casa...
Deus queira que dê certo...
:(


I'm sad... bah

sábado, 2 de fevereiro de 2008

Neuras

Estou chateada, zangada, mas sobretudo estou triste... Sinto-me uma inútil. Porquê? Porque me fazes sentir na último lugar da tua vida (ou bem perto disso). Serei eu que ando tão desatinada de estar sempre em casa que vejo assim as coisas? Não sei... Esperei tanto, com um carinho tão grande, com uma vontade enorme pelo dia de ontem... E estas 24 horas foram passadas praticamente sem ti... Porra...
Porque não falas comigo, porque não me contas como foi, não tens vontade de me contar as coisas, de partilhar comigo?... E ainda o pior (ou não, nem sei o que é pior, é tudo triste...) é que eu tinha tanto para te contar e não te digo nada... Mas também vou-te dizer quando? Quando não estás, ou quando estás a dormir? Se calhar quando eu estou a dormir...
Serei eu a exagerar???
Não sei... não sei nada...
Não fosse o meu bebé lindo e acho que estava a passar-me mesmo.
Porra.....................
Estou tão cansada... estou cansada fisicamente, porque as noites mal dormidas começam a pesar, porque me dói os ombros e as costas das posições horríveis em que estou para mudar as fraldinhas, quando dou o biberon, quando estamos a dormir, o menino dorme no berço mas eu tenho que estar com a mao a tocar-lhe sempre, ou a por a chucha.
Cansada de estar enfiada em casa... Cansada de já não ter a "liberdade" que tinha... Cansada de não poder fazer o que quero quando me apetece, cansada de não poder estar com as pessoas que me apetece ou ir aos sítios que gosto, cansada de ..........sei lá.
Eu amo-te meu Miguel, e ao estar a dizer isto, não quero dizer que não te ame, ou que esteja arrependida ou qualquer outra coisa... Não fazia ideia... Nem tudo são rosas, e este é um preço (bem pequeno eu sei :) ) por te ter comigo agora...
Mas tu, J. tu continuas com a tua vida como se nada fosse. Sei que nos amas, mas não sei quais são as tuas prioridades....
Eu só tenho duas: o Miguel e tu... E tu???
Vou dormir
Talvez amanhã esteja melhor
Já chorei... por isso
Sozinha, uma vez mais

porra para isto tudo

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2008

Bebé Doente

O nosso Miguel está doente...
Passou uma noite tão má, que ainda não eram 5 da manhã, levei-o para o meu colo, porque no berço, mesmo com o colchão elevado, ele não conseguia respirar bem. Acabou por adormecer mais inclinado no meu colo, e depois de lhe ter posto soro. Ainda o tentei voltar a deitar, mas voltou a ficar com dificuldade em respirar, e a tentar chorar, por isso desisti.
De manhã foi com a avó C. ver o carnaval das escolas, e eu aproveitei para ir tratar de uns assuntos importantes e urgentes. A caminho de casa, achei que o melhor era levá-lo às urgências pois embora não tivesse febre estava muito atacado e à noite o hospital devia ter mais gente. Liguei à avó, fui preparar 2 biberons, e lá fomos os dois para o hospital. As enfermeiras gostaram muito dele (o Miguel começou a chorar com fome, e como a água ia muito quente eu fiquei a arrefecer o biberon, enquanto uma enfermeira andava a passear com ele, adoraram o cabelo espetado). Depois foi mamar, e só no fim foi visto por uma médica.
Disse que com 2 meses, o que havia a fazer era só mesmo soro, evitar sair de casa, e não deixar ninguém doente aproximar-se dele. Avisou-me que seria natural nos próximos dias ele piorar, mas para vigiar a temperatura pois teria que ficar internado se tivesse febre...
Fui almoçar a casa da avó M. e entretanto o J. ligou e só nessa altura eu lhe disse que ele tinha passado mal a noite e que tinhamos ido ao hospital, De que valia preocupá-lo, estando ele longe, sem nada poder fazer? Desculpa amor, foi mesmo para não te preocupar pois eu estava muito preocupada ao ver o nosso bebé tão atacado, com dificuldade em respirar, tão zangado a chorar...
Tentei andar aí a limpar umas coisas, mas o Miguel não deixa... Está carente... Ri-se muito mesmo assim mas quer que eu esteja aqui com ele, e agarradinho ao seu Dodó... Ah, para verem como ele estava de noite, nem quis a chucha...
Agora está na espreguiçadeira, o que já não é mau, porque eu estou cheia de dores nos ombros e costas destes 2 dias.

O papá chega daqui a pouco... Finalmente... Que saudades... Estou ansiosa para ver a reacção do Miguel...